06 novembro 2005

ANIVERSÁRIO!! =]


Hoje é neversário da...

COISA ESTRANHA!!!!!!!!! =D


Parabéns, Freu!!! =]


Feliz...PARABÉNS, FLAVINHA!!!!!!!!!!Aniversário!! =]


Minha irmã querida, 23 aninhos, quem diria heim?? Nem parece, com essa carinha e esse jeito de menina que você tem!
Te adoro muito, viu?? Te desejo tudo de bom, e muita coragem pra correr atrás de seus sonhos, pois você tem brilho pra ser uma linda estrela!!!!

Te deixo uma poesia, não pelo sentido das palavras que é meio triste, mas sim pelo grande poeta que eu sei que você adora!!

ANIVERSÁRIO

No tempo em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu era feliz e ninguém estava morto.
Na casa antiga, até eu fazer anos era uma tradição de há séculos,
E a alegria de todos, e a minha, estava certa como uma religião qualquer.

No tempo em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu tinha a grande saúde de não perceber coisa nenhuma,

De ser inteligente para entre a família,
E de não ter as esperanças que os outros tinham por mim.
Quando vim a ter esperanças, já não sabia ter esperanças.
Quando vim a olhar para a vida, perdera o sentido da vida.


Sim, o que fui de suposto a mim-mesmo,
O que fui de coração e parentesco.
O que fui de serões de meia-província,
O que fui de amarem-me e eu ser menino,
O que fui - ai, meu Deus!, o que só hoje sei que fui...
A que distância!...
(Nem o acho...)
O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!


O que eu sou hoje é como a umidade no corredor do fim da casa,
Pondo grelado nas paredes...
O que eu sou hoje (e a casa dos que me amaram treme através das minhas lágrimas),
O que eu sou hoje é terem vendido a casa,
É terem morrido todos,
É estar eu sobrevivente a mim-mesmo como um fósforo frio...


No tempo em que festejavam o dia dos meus anos...
Que meu amor, como uma pessoa, esse tempo!
Desejo físico da alma de se encontrar ali outra vez,
Por uma viagem metafísica e carnal,
Com uma dualidade de eu para mim...
Comer o passado como pão de fome, sem tempo de manteiga nos dentes!


Vejo tudo outra vez com uma nitidez que me cega para o que há aqui...


A mesa posta com mais lugares, com melhores desenhos na loiça, com mais copos,
O aparador com muitas coisas - doces, frutas, o resto na sombra debaixo do alçado,
As tias velhas, os primos diferentes, e tudo era por minha causa,
No tempo em que festejavam o dia dos meus anos...


Pára, meu coração!
Não penses! Deixa o pensar na cabeça!
Ó meu Deus, meu Deus, meu Deus!
Hoje já não faço anos.
Duro.
Somam-se-me dias.
Serei velho quando o for.
Mais nada.
Raiva de não ter trazido o passado roubado na algibeira!...

O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!...


Álvaro de Campos


Ah, já ia me esquecendo, hoje é aniversário também do meu único primo homem!! Não somos tão íntimos assim, mas ele é uma pessoa muito especial, gosto muito dele!

Bruno Moka, PARABÉNS!!!!!

5 Comentários

  1. Blogger Outra Pessoa Postado em 6/11/05 12:28  
    Mais um Comentário meu!!! 23 né?.. ela tb te engana Nina? é 38!!!! Afffff
    Ela usa botox, e aqueles treco a Avon!!!

    Feliz Aniver moça do Mato!!!!

    Glub²
  2. Anonymous Bill Postado em 6/11/05 12:41  
    Ovadaaaaaaaaaaaaaa =]
    Vamos pegar ela e jogar no rio =]
    Dar uns tapão =]
    Jogar farinha =]

    Parabens coisa estranha =]

    Beijos

    :**********************
  3. Blogger freu Postado em 6/11/05 16:46  
    Obrigada minha irmãzinha do coração!!!
    Eu te amo muito, muito, muito...

    Você, como sempre, acertou na poesia! Muito obrigada...
    E muito obrigada pelo meu presente, acho que foi o presente que eu mais gostei em toda minha vida!!! Mas me deixe ler em voz alta, palavras são mais gostosas quando estão na boca!!!

    Mil beijos.
  4. Blogger Valkye Postado em 7/11/05 01:10  
    Aeeeeeee.......... parabens pra ela. ^^
  5. Anonymous **Naty** Postado em 10/11/05 12:24  
    nossa, q povo da minha familia q tah ficando velho hein... 23 anos?? eu hein....
    heheh
    bjinhussss

Postar um comentário

« Home