08 novembro 2005

Pastoril


Enfim fizemos a apresentação do Pastoril! Foi muito bom, lindo!

Só que imagino que embora apenas o PiresF tenha manifestado curiosidade, nem todos devem saber o que é exatamente um Pastoril!

Na verdade eu também não sabia, fui conhecer esse ano na Semana do Folclore do CEMPA (Conservatório de Música de Pouso Alegre), aonde sou professora e aluna também. Primeiro nós apenas aprendemos as músicas, depois fizemos tipo um ensaio aberto aonde a folclorista palestrante (cujo nome eu não lembro agora mas assim que descobrir eu conto pra vocês!) foi explicando o que era um pastoril e como era encenado.

Vou explicar resumidamente, e ao final dessa postagem coloco uns links pra vocês saberem mais, OK?

O Pastoril é uma encenação folclórica, que está entre as quatro grandes manifestações populares do Nordeste. Trata-se de uma representação profana da Natividade (Natal, nascimento de Jesus), aonde jovens vestidos como pastorzinhos e pastorinhas cantam músicas em louvor a Nosso Senhor. São divididos em dois cordões, o azul e o encarnado, o que acaba gerando uma disputa de cores entre os partidos de cada cordão. Encontramos também no Pastoril personagens alheios à real história do Natal, para enriquecer a encenação e divertir o povo. São eles a Diana, que representa as duas cores, o Pastor, o Anjo, Luzbel (que é na verdade o Demônio), a Borboleta, a Camponesa e a Cigana.

Aqui eu aproveito e explico o porquê de eu ter pedido moedinhas. Os Pastoris eram encenados nas ruas, praças, e quando a cigana entrava pra cantar e dançar é costume jogar moedinhas para ela. Bem, eu representei a Cigana, e teve gente que tava até querendo brincar de "Tiro ao Alvo" com as moedinhas na pobre Cigana, mas no fim não levei nenhuma moeda na testa!

Não sei se tiraram fotos, mas se eu conseguir eu coloco aqui pra vocês me verem de Cigana.

Antes de encerrar e colocar os links das fontes com material interessante sobre o assunto, gostaria de dizer que o nosso Pastoril foi baseado em um material próprio para trabalhar com crianças, as próprias cantando as músicas, muito lindo! Vou me informar o nome da editora e tal e digo a vocês! Fizemos em um palco tradicional italiano, e tivemos a participação do Grupo Le Bizarre na instrumentação. Foi muito lindo!

Abraços a todos!!

Pastoril no Recife (Valdemar Valente) - Site Jangada Brasil (Esse texto é enooorme, mas muito interessante, vale a pena ler!)

O Ciclo Natalino (Rúbia Lóssio) - Site da Universidade Federal Rural de Pernambuco

17 Comentários

  1. Anonymous Jana Postado em 9/11/05 09:33  
    Putz deve ser lindo!!!

    beijos
  2. Anonymous Bill Postado em 9/11/05 10:20  
    Aeeeeee a gritaria que foi bom tb hahhaha tô até sem voz aqui =]

    Mais que beleza, ta ae meu relatorio hahhah imprimo, coloco umas figurinhas e pronto a fessora vai nem olhar mesmo hahha =]

    Te amo cigana =]

    :******************
  3. Anonymous edu Postado em 9/11/05 16:29  
    Ai, ai... ainda vou pro Sul! Adoro, adoro... Deve ter sido lindo!

    P.S.: Pode deixar a fotinha que eu tava brincando! :-)
  4. Blogger Outra Pessoa Postado em 9/11/05 16:43  
    Puts.. deve ter sido Otimo mesmo!!!! Eu perdir!!! Mais depois vejo em DVD!! he he he.. tem DVD né???

    Super Beijo... Fica brava não!!!!
  5. Anonymous morgana Postado em 9/11/05 17:17  
    Que delícia deve ter sido ótimo
    beijos to adorando sua presença no meu blog
  6. Blogger PiresF Postado em 9/11/05 18:59  
    Deve ter sido mesmo bom, agradeço a informação sobre o Pastoril, porque depois de ler o teu post fui procurar informação e repara no que encontrei: “Pastoril é a definição do termo como sendo um folguedo popular dramático que se representa ao ar livre, e no qual há uma personagem masculina, o Velho, que conta anedotas, faz pilhérias com os espectadores, vende prendas em leilão, tudo entremeado com cantos e danças de personagens femininas chamadas pastoras”.

    PS1: Põe logo o Bill a trabalhar nessas fotos para a gente ver bem rápido.

    PS2: A Freu fez mesmo isso?
  7. Anonymous DO Postado em 9/11/05 19:41  
    Espero que vc consiga as fotos,NINA.
    Fiquei curioso.
    Beijos!
  8. Blogger Valkye Postado em 10/11/05 00:47  
    Ahhhhh... amo encenações ao ar livre, ainda mais se for folclórica, deve ter sido muito bom!
    Quero ver as fotos, viu?
    ^^
  9. Anonymous ronzi Postado em 10/11/05 11:24  
    Esperando as fotos do troço...
  10. Anonymous cleide Postado em 11/11/05 08:46  
    Agora entendi o porquê das moedinhas!deve ter ficado muito lindo!
    beijns!
  11. Blogger Ricardo Postado em 11/11/05 12:14  
    Oi! Estive meio sumido mas voltei!
    :)
    Pelo visto, tentou dar mais um passo no seu conto!
    Tenha força! Avante! Hehehehe!
    Escreva o que vier a cabeça!
    Não se censure!

    Beijão1
  12. Anonymous Yvonne Postado em 11/11/05 20:53  
    Querida, muito obrigada pelo carinho dos seus comentários no Nós Por Nós. Adorei o seu blog e virei aqui mais vezes. Já vi que temos um monte de amigos em comum. Beijocas
  13. Blogger G.E. Cidade Morena Postado em 12/11/05 09:10  
    Nina tambêm é cultura!!!

    Um beijo.


    Nilson Young
    Nosso Quintana
  14. Blogger Darlan M Cunha Postado em 13/11/05 11:13  
    NINA,

    Que o labirinto é intrínseco à Humanidade, não é segredo; há-se, porém, que saber que surgiu de uma necessidade crescente: a de opormos algo à Reta, até tornamos a caminhada tão irreal, que a mesma Reta nos seja de valia no sonho, na lucidez cruel da insônia, na insônia cruel que a lucidez dá.

    Sei que você percebe isso.
    Um abraço.

    DARLAN
  15. Anonymous Anônimo Postado em 26/11/08 17:00  
    eu sou a DIANA no pastoril e gosto muito por isso vou deixar uma breve parte de uma musica

    eu sou a diana e nao tenho partido o meu partido sao os 2 cordoes eu peço palmas risos e flores e ao meus senhores peço proteçao

    e a musica de entrada quem canta sou eu e um pedaço dela e mais ou menos assim

    Boa noite, meus senhores todos!
    Boa noite, senhoras, também!
    Somos pastoras, pastorinhas belas
    Alegremente vamos a Belém..."


    essa dai e um pouco da nossa musica e eu gosto muito de ser a diana e um personagem que tenta colocar a paz entre os dois cordoaes e isso e um pouco do pastoril
  16. Anonymous Anônimo Postado em 17/11/10 15:56  
    que massa
  17. Anonymous Anônimo Postado em 2/1/11 22:56  
    Muito obrigada por ter explicado um pouco sobre a historia do pastoril. Eu ainda gostaria de saber mais sobre os personagens, e o que eles significam. Se alguem sabe mais sobre isso por favor faz um comentario nessa pagina.

Postar um comentário

« Home