12 janeiro 2006

Viagens, parentes, comemorações e saudades.

Voltei! Atendendo a inúmeros pedidos (rsrsrsrs... :P) cá estou de volta! Bem, se alguém leu o blog da Freu viu que ontem eu não estava aqui. Mesmo quando eu não escrevo faço minhas visitinhas, mas ontem nem isso eu fiz. Ontem foi aniversário do meu avozinho lindo!! Ele completou 80 anos, não está com a saúde 100% mas graças a Deus está bem, gosta muito de conversar e contar piadas, é uma pessoa muito bem humorada!

De quebra vi minha tia que mora no Equador, meus outros tios e minha "priminha caçula", que eu descobri estar namorando! Puxa! Me senti meio velha, sei lá... rsrsrs!! Mas ela é uma mocinha muuito linda e não é de se estranhar que ela encanta os rapazes da cidade!!! =P

Fui e voltei ontem mesmo, mas nessas férias ainda volto pra fazer mais visitas, além de sair com minha tia, pra comemorar a maioridade da minha irmã!! Agora ela também pode tomar umas caipirinhas com a gente, hihihi!! =P

Fico por aqui com trechos de um poema lindo, triste, mas de uma beleza profunda, que eu "redescobri" esses dias e que tem me acompanhado no MSN. E até a próxima!!!


TABACARIA

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo."

---------------------------------------------------------
"Serei sempre o que não nasceu para isso;
Serei sempre só o que tinha qualidades;
Serei sempre o que esperou que lhe abrissem a porta ao pé de uma parede sem porta,
E cantou a cantiga do Infinito numa capoeira,
E ouviu a voz de Deus num poço tapado.
Crer em mim? Não, nem em nada.
Derrame-me a Natureza sobre a cabeça ardente
O seu sol, a sua chava, o vento que me acha o cabelo,
E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha.
Escravos cardíacos das estrelas,
Conquistamos todo o mundo antes de nos levantar da cama;
Mas acordamos e ele é opaco,
Levantamo-nos e ele é alheio,
Saímos de casa e ele é a terra inteira,
Mais o sistema solar e a Via Láctea e o Indefinido.

(Come chocolates, pequena;
Come chocolates!
Olha que não há mais metafísica no mundo senão chocolates.
Olha que as religiões todas não ensinam mais que a confeitaria.
Come, pequena suja, come!
Pudesse eu comer chocolates com a mesma verdade com que comes!
Mas eu penso e, ao tirar o papel de prata, que é de folha de estanho,
Deito tudo para o chão, como tenho deitado a vida.)"

Álvaro de Campos (Heterônimo de Fernando Pessoa)


P.S.: Sei que não está fazendo o menor sentido, mas o poema é enoooorme, coloquei apenas as partes que eu gosto mais. Quem quiser lê-lo inteiro é só clicar aqui.

8 Comentários

  1. Anonymous Bill Postado em 12/1/06 14:21  
    Oiii amor, ainda bem que voltou né =]
    Come chocolate não menina, dá chocolate pra mim =]

    Te amo linda do meu coração =]

    ;********
  2. Blogger G.E. Cidade Morena Postado em 12/1/06 15:43  
    tudo de bom !! familia.

    Mais ainda não entendi, por que o "como estou" está indicando depressiva??!! uai.. ou estaria desatualizado??..


    Nilson Young
    Nosso Quintana
  3. Anonymous Márcia(clarinha) Postado em 12/1/06 16:13  
    Nina menina linda,
    que bom estar de volta cheia de alegria para nos contagiar, belíssimo poema,irei vê-lo na íntegra!!
    lindo dia
    beijosssssssssss
    *estou melhorando mas dói,rss
  4. Anonymous Dj Postado em 12/1/06 16:32  
    Até que enfim,tava com saudades!!!
    Tia no Equador uia! Gente rica é outra coisa!!!!
    Felicidades pro seu Avó! Tenho saudades do Meu!!! ;o/
    Agora vê se não some!!!!

    Adorei o texto!!!

    Beijos.. Adoro-te!!!
  5. Blogger PiresF Postado em 12/1/06 16:33  
    Olá Nina! Parabéns pelo teu avô. Já tinha lido na Freu que lá tinhas ido. É sempre bom rever as pessoas que são parte da nossa vida.

    Sobre os excertos do poema:

    Esqueceste-te de pôr (na minha opinião claro) uma das partes mais lindas por ser de um enorme significado, que é esta:

    Falhei em tudo.
    Como não fiz propósito nenhum, talvez tudo fosse nada.
    A aprendizagem que me deram,
    Desci dela pela janela das traseiras da casa.

    Um abraço.
  6. Anonymous Aluska Postado em 12/1/06 17:04  
    Adoooooooooooooooro Fernando.

    Tem como não adorar?

    Beijo pra tu. E saúde pro seu avô!

    .
  7. Blogger Ive Postado em 12/1/06 18:54  
    80 anos Carol,que lindo!!!
    Desejo que Deus dê ao seu avô muitos outros anos, 100% lúcido e saudável para passar ao seu lado lhe dando inúmeros momentos agradáveis!
    Grande beijo linda!!!!
  8. Blogger Ive Postado em 13/1/06 23:32  
    Já que vc inssistiu vim contar qual era o assunto.
    O cara tá vendendo Herbalife (conhece né?!), só que eu como já conhecia os produtos falei que não queria comprar nada mas o infeliz ficou tentando me convencer a ser revendedora.... é de lascar viu!
    Beijinhos e bom fds!

Postar um comentário

« Home