30 julho 2006

"Quando se vê..."



"A vida tem uns deveres que nós trouxemos para fazer em casa.

Quando se vê, já são 6 horas há tempos...

Quando se vê, já é 6ª feira...

Quando se vê, passaram 60 anos!

Agora, é tarde demais para ser reprovado...

Se me dessem um dia outra oportunidade,

eu nem olhava o relógio seguia sempre em frente

e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas..."





Centenário de um dos maiores poetas brasileiros de nossos tempos. Sem muitas palavras, acho que a beleza de sua poesia faz seu papel.

Apreciem, e quem quiser conhecer mais da obra desse grande poeta pode acessar o Site Comemorativo do Ano do Centenário de Mário Quintana. O link sempre esteve na listinha aí ao lado, mas não custa dar uma reforçada:

http://www.estado.rs.gov.br/marioquintana/

Beijos pessoas! Até a próxima, com mais poemas de Mário Quintana!


25 Comentários

  1. Blogger mixtu Postado em 30/7/06 05:54  
    nina:
    amei este teu post...
    vou ler mais deste poeta...

    besitos
  2. Anonymous Ana Postado em 30/7/06 11:04  
    Nina, Mário Quintana é inesquecível. Adoro este poeta de tamanha sensibilidade!
    Obrigada por compartilhá-lo aqui conosco!
    Bjo
  3. Blogger Henrique Luna (Rico) Postado em 30/7/06 11:45  
    Nina...grande data essa... :) Vou agora mesmo conferir mais de Quintana...

    Ah, e posta mais poemas dele mesmo...eu quero..eu quero...rsss

    Beijão
  4. Anonymous Lidiane Postado em 30/7/06 13:23  
    Amo esse poema, Nina.
    Um dos meus preferidos.

    E viva Quintana.

    Beijos.
  5. Anonymous Márcia(clarinha) Postado em 30/7/06 21:43  
    Nina Menina Linda,
    dá emoção ler Mário olhando pra Quintana, espetacular!
    Linda semana querida,
    beijosssssssssssss
  6. Anonymous Juh Postado em 30/7/06 22:23  
    "Se me dessem um dia outra oportunidade,

    eu nem olhava o relógio seguia sempre em frente

    e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas..."


    caraaaaalho...eu concordo...concordo..sinto...que porra é essa?
    você sempre deixando por aí as coisas que se encaixam...
    doidaaaaaaa eu amo você um tanto ^^
  7. Blogger tb Postado em 31/7/06 05:13  
    E viva Quintana o poeta do amor das plavras!
    Obrigada Nina por esta homenagem!
    Beijinhos mil
  8. Anonymous Anucha Postado em 31/7/06 11:37  
    NINA MENINA, ME SENTI ACALORADAMENTE AFAGADA FOI AQUI. TÃO BOM ENCONTRAR QUINTANINHA NO TEU CANTO. Bj
  9. Blogger luma Postado em 31/7/06 15:05  
    Quintana maravilhoso!!!
    Poeta e sábio!! Boa semana!! Beijus
  10. Blogger Indianira Postado em 1/8/06 00:45  
    Mário Quintana é tudo de bom...nos deixa sempre embasbacados!!!
  11. Blogger kamila Postado em 1/8/06 01:34  
    "Eis o poeta e sua adoravel seguidora"
  12. Anonymous Daniel Heldt, José Postado em 1/8/06 06:23  
    Passei aqui por acaso e vi que você postou o poema de Mário Quintana que mais saboreio. Perfeito. Bjos e sucesso a você!
  13. Blogger Valkye Postado em 1/8/06 12:31  
    Ah, Quintana, tão delicado, tão deliciosamente delicado, falar o quê de quem sempre soube lidar da melhor forma com as palavras e junta-las de tal forma que provoca uma identificação imediata?
    Deixo-te Bilhete, um de meus poemas favoritos dele:

    Se tu me amas, ama-me baixinho
    Não o grites de cima dos telhados
    Deixa em paz os passarinhos
    Deixa em paz a mim!
    Se me queres,
    enfim,
    tem de ser bem devagarinho, Amada,
    que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...
  14. Anonymous Márcia(clarinha) Postado em 1/8/06 21:03  
    Nina Menina Linda,
    boa noite querida,
    beijossssssssssss
  15. Blogger reflexoes depois Postado em 2/8/06 00:22  
    que gostoso estar aqui! Senti falta! Beijos
  16. Anonymous Dj Postado em 2/8/06 14:27  
    Aeeee Demorei mais vim!!!! he he he.. Tu sabes o quando gosto desse Velhinho... vejo meu avô nele... com seus versos e frases da vida!!!
    Post muito lindo Nina!!

    Ah... cade minha visita? Depois que eu te esnobo né!!! Vai ter Vingança! hahahahahahahaha

    Beijos Nanica!!!
  17. Blogger PiresF Postado em 3/8/06 17:35  
    Olá querida amiga.

    Em primeiro lugar o meu pedido de desculpas pelas continuadas ausências e em segundo, parabéns por estares a homenagear alguém que tanto admiras.
    Quintana tem me sido dado a conhecer por ti e por um pequeno grupo de amigos comuns e isso eu não posso deixar de agradecer, porque, tenho lindo coisas lindíssimas desse grande poeta brasileiro.

    Grande abraço.
  18. Blogger Marilyn Postado em 6/8/06 17:06  
    Ele é tão querido!
  19. Anonymous Lidiane Postado em 8/8/06 14:22  
    Saudade.
  20. Blogger Rainha de Copas Postado em 11/8/06 19:57  
    Ele é O poeta. Adooooooro. Beijos, lindinha...
  21. Anonymous Mandy Postado em 12/8/06 13:11  
    Quando se vê, já é o centenário de um poeta e ainda é possível se encantar, pela primeira vez, pela sua obra. Enquanto houver o que sentir, haverá o que expressar e teremos o que chamamos de imortais. A arte, enfim, é eterna. Retribuindo o comentário de tempos atrás. =) Oi.
  22. Blogger Rita Contreiras Postado em 12/8/06 17:45  
    Percebe-se a sua sensibilidade pelo gosto literário que vc revela. É incrível como ele conseguiu ser tão simples e tão profundo!Espero que vc escreva mais frequentemente e continue a nos tocar com textos tão belos e sensíveis. Abraço.
  23. Anonymous Anônimo Postado em 12/8/06 23:26  
    Sentires plenos.
  24. Blogger Cristiano Contreiras Postado em 12/8/06 23:26  
    o 'sentires plenos' foi meu.
  25. Blogger Paloma Postado em 13/8/06 02:55  
    Eu amo ele, ele dita regras na minha vida
    beijos

Postar um comentário

« Home